Adaptação

PERÍODO DE ADAPTAÇÃO ESCOLAR – CONSIDERAÇÕES

O período de adaptação escolar é o tempo que toda criança necessita para se acostumar ao novo espaço e às novas pessoas que farão parte da sua rotina. Integrá-la ao ambiente escolar é uma tarefa delicada, na qual devem ser respeitadas as características emocionais, sociais e afetivas que ela traz consigo. A situação “escola” caracteriza-se por ser o primeiro ambiente social, fora da família, em que a criança será inserida. Até então, o seu contato com a sociedade limitava-se às saídas e interações que ela estabelecia com parentes próximos, período em que o vínculo com a mãe é muito forte.

O início da vida escolar coincide com a fase de auto-afirmação e autonomia da criança, durante a qual ela vai deixando sua primitiva e absoluta dependência, sem quebrar o vínculo materno. Ao mesmo tempo em que precisa sentir segurança e apoio, precisa receber estímulos necessários para continuar seu desenvolvimento de forma adequada. Aceitará a ausência da mãe somente quando confiar no seu retorno e for capaz de entender que poderá reavê-la. Assim, a separação mãe-filho deve ser realizada gradativamente, levando em consideração o próprio ritmo e individualidade da criança, que são revelados em suas atitudes e conquistas.

A All Together Bilingual School considera de suma importância a presença da mãe durante o período de adaptação, devido ao seu importante papel na educação do seu filho. Entretanto, se ela não puder comparecer, recomendamos que sua presença seja substituída por algum parente próximo ou outra pessoa que conheça a rotina familiar da criança. É indispensável que os pais e/ou adulto acompanhante mostrem-se seguros em relação à Escola escolhida, uma vez que sua atitude incide diretamente no comportamento que a criança demonstrará nesse processo de adaptação. Portanto, recomendamos que a postura do adulto seja de apoio, cooperação, disposição e diálogo com a Escola para que a adaptação seja feita de uma maneira tranquila e eficaz.

Considerando princípios básicos e comportamentos comuns em todas as crianças, elaboramos um “roteiro” do nosso período de adaptação, em que tanto a mãe como a criança são respeitadas:

1) Previamente, recomendamos que os pais visitem a Escola junto com a criança, para que ela reconheça o novo espaço e os funcionários que participarão do seu dia a dia. Durante a visita, os pais receberão informações relativas ao funcionamento da Escola em geral, uniforme, horários, etc.

2) No primeiro dia, a criança deverá vir à Escola acompanhada de sua mãe ou adulto responsável que ficará na sala de aula para conhecer seus colegas de classe e professores. Esse primeiro contato deverá durar aproximadamente uma hora.

3) A partir do segundo dia, a criança deve chegar pontualmente à Escola, com sua mãe, e iniciará gradativamente o desprendimento dela. Deve-se buscar a concordância da criança para esse tempo de separação e explicar as condições da mesma. A mãe, entretanto, deverá permanecer nas instalações da Escola, em local sugerido pela Professora ou Coordenadora, de forma a evitar que a criança veja o local onde esta se encontra. A permanência da criança na Escola, nesse segundo dia, terá a mesma duração que no primeiro dia (aproximadamente uma hora).

4) A partir do terceiro dia, a criança completará o horário de forma gradativa, respeitando seu tempo. Devemos destacar que, mesmo que demonstre estar “gostando de ficar”, acreditamos ser mais acertado fazer com que ela saia da Escola com vontade de voltar para brincar no dia seguinte, do que pedir para ir embora porque está cansada e chorosa.

Destacamos a seguir algumas “pautas” a serem seguidas:

FREQUÊNCIA
É muito importante que a criança não falte por motivos injustificados ou adiáveis. Lembramos que o ingresso à Escola é uma situação nova em sua vida, o que causa certa insegurança; por esse motivo poderá usar argumentos para interromper a frequência: cansaço, sono, dor de cabeça, mau tempo, etc. Os pais devem tentar contornar esses argumentos e explicar o quanto é gostoso brincar, cantar e ficar na companhia das professoras e amigos na Escola. Quando pais e professores passam referências de confiança e agrado em relação à Escola, essas resistências iniciais são facilmente resolvidas.

PONTUALIDADE
A pontualidade tem grande importância no sucesso do período de adaptação à Escola. Chegar no horário estabelecido ajudará a criança a integrar-se com maior facilidade às atividades propostas, uma vez que participará da rotina de classe desde o início do dia. Assim também ocorre com horário da saída, especialmente no período de adaptação. Atrasos na hora de ir embora causam insegurança e interferem no processo de adaptação; por esse motivo, sugerimos que as mães se programem para chegar 15 minutos antes do horário de saída.

OBJETOS DE TRANSIÇÃO
Acreditamos na importância da presença dos chamados “objetos de transição” durante a adaptação. Chupeta, fralda, bichinho de pelúcia, entre outros, serão bem-vindos e ajudarão a criança a sentir-se mais segura. À medida que a criança demonstre mais segurança no novo meio, daremos início ao processo de retirada desses objetos na Escola, o que também será feito gradativamente.

A experiência da All Together Bilingual School no “período de adaptação” tem assegurado excelentes resultados, em relação à criança, pais e professores. Contamos com a parceria dos Pais e estamos à disposição para esclarecer dúvidas sobre esse ou outros procedimentos de ordem pedagógica.

Adaptação escolar