• All Together School

Seu filho não sabe ler, mas procura vídeos no Youtube. Entenda o porquê.

É comum mães e pais ficarem surpresos com seus filhos ainda pequenos, que não sabem ler ou escrever, mas conseguem procurar seus vídeos preferidos na internet, no Youtube por exemplo.


E sempre fica a dúvida: Se eles não sabem ler ou escrever, como conseguem pesquisar seus vídeos favoritos no Youtube?


A resposta para essa pergunta é: letramento na Geração Alpha.


Mas, afinal, o que é letramento e o que é Geração Alpha? Não se falavam em Geração X, Y e Z? Por que Alpha?


Mergulhe nesse novo universo dos pequenos. Entenda nessa leitura, de maneira prática, como eles atuam tão bem nos meios eletrônicos e parecem aprender as coisas cada vez mais cedo.


Mas o que é a Geração Alpha?


Alpha é um termo utilizado pelo sociólogo australiano Mark McCrindle para designar as crianças que nasceram depois de 2010.


Essas crianças são muito mais independentes e com um potencial muito grande de resolver problemas.


Elas são muito estimuladas com o mundo digital por já terem nascido na era digital, diferentemente de seus pais e avós que tiveram de aprender e que fizeram parte das Gerações X, Y e Z.


Apenas para esclarecer, a Geração X são os nascidos entre 1960 a 1979. A Geração Y são os nascidos entre os anos 80 e 94 e a Geração Z são os nascidos entre 95 a 2010. Esses últimos já conheceram o mundo com internet.


Para a Geração Alpha os estímulos para tarefas digitais são naturais, pois as crianças dessa geração já nasceram em um mundo onde existem muitos e diversos aparelhos tecnológicos.


Logo, para elas é natural mexer em tablet, em celular, em notebook, pois visualizam os pais fazendo isso.


Sendo assim, o seu letramento também é realizado pelo meio digital.


Mas e o letramento, o que é?


Letramento nada mais é do que um conceito que se criou para se referir ao uso da língua escrita não somente nas escolas, mas em todos os lugares e situações.


Veja bem, letramento não é um método de ensino, não é alfabetização (apesar de a incluir) e não é uma habilidade.


Na verdade ele envolve um conjunto de habilidades que são rotinas de como fazer, e de competências. Letramento não se ensina, mas se aprende.


Para Magda Becker Soares:


“O conceito de letramento surgiu de uma ampliação progressiva do próprio conceito de alfabetização. O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa apresenta a seguinte definição estrita de alfabetização. Ela é o “ato ou efeito de alfabetizar, de ensinar as primeiras letras”. Assim, uma pessoa alfabetizada é entendida como aquela que domina as “primeiras letras”, que domina as habilidades básicas ou iniciais do ler e do escrever. Ao longo do século XX, porém, esse conceito de alfabetização foi sendo progressivamente ampliado, em razão de necessidades sociais e políticas, a ponto de já não se considerar alfabetizado aquele que apenas domina o sistema de escrita e as capacidades básicas de leitura e escrita, mas aquele que sabe usar a linguagem escrita para exercer uma prática social em que essa modalidade da língua é necessária.”


As capacidades envolvidas no letramento vão muito além de saber ler e escrever.


O exemplo da criança que procura vídeos sem saber ler e escrever envolve capacidades de memória, capacidade cognitiva, capacidade motora e foco. Ou seja, capacidades de como fazer e competências necessárias para gerar o resultado esperado.


E isso, para a Geração Alpha está intimamente relacionado com o mundo digital.


Para essa Geração a capacidade de fazer e as competências necessárias para se manipular um tablet ou um celular é algo natural, além de ser muito estimulado pelos próprios pais.


Ou seja, com o estímulo de manipular aparelhos tecnológicos e com as habilidades específicas da Geração que é muito mais independente, pesquisar vídeos se tornou uma tarefa muito fácil.


Para elas é muito mais simples visualizar os pais clicando nas letras no teclado e encontrando o vídeo e já absorver aquele conhecimento dado pelo exemplo. É a introdução dos pequenos no mundo das letras.


Assim podem reproduzi-lo, utilizando-se de todas as habilidades cognitivas que são exponencialmente aumentadas durante a infância.


Isso também acontece muito nos elevadores, por exemplo, que os pais sempre apertam o mesmo botão.


Se for dada a chance de a criança apertar, ela apertará o botão certo.


Pode-se dizer que já é um processo de alfabetização?


Pode-se dizer que sim. Porém, se essas mesmas letras forem apresentadas em outra palavra pode ser que a criança não saiba reconhecê-las, em razão do contexto.


Mas, em linhas gerais, pode-se dizer que é um primeiro e tímido passo no rumo da alfabetização.


Uma maneira de ampliar o letramento e iniciar mais incisivamente o processo de alfabetização é ler livros para seu filho, interpretando-os e correndo os dedos pelas palavras lidas.


Assim, ele poderá descobrir que aqueles símbolos podem ser encontrados em outras palavras. E descobrirá também que cada símbolo daquele possui um som diferente.


E assim a Geração Alpha vem revolucionando a forma de aprender e ensinar, que pode ser através de uma tela.


Entendeu porque seus filhos conseguem? Então compartilhe esse texto para que outras pessoas também descubram.


2 visualizações